Prova de exame de Português, 4.º ano, 07/05/2013

Publicado por a 13/05/2013 em Pareceres sobre exames | Comentários desligados

CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DA PROVA FINAL DE PORTUGUÊS (41)
4.º ANO -2013

(de acordo com os critérios de correção apresentados pelo GAVE)

GRUPO I – Leitura e Escrita

1. 1, 3, 2, 5, 4

2.1. na qual participaram 29 cientistas mergulhadores, realizou-se depois de 2010.

2.2. 10 000 registos de várias espécies marinhas.

3. Cenário de resposta:

Dá uma opinião favorável e apresenta dois motivos que justifiquem a sua posição, referindo,
por exemplo, que é importante haver expedições como a que é referida no texto, porque elas
permitem aumentar o conhecimento sobre as espécies marinhas já conhecidas e permitem
descobrir novas espécies.

OU

Dá uma opinião desfavorável e apresenta dois motivos que justifiquem a sua posição,
referindo, por exemplo, que expedições como a que é referida no texto podem perturbar as
espécies marinhas e afetar o equilíbrio do seu habitat.

4.1. uma narrativa cheia de fantasia passada no fundo do mar.

4.2. descreve o espaço da ação.

4.3. curiosa, porque gostava de ouvir as histórias que a avó contava.

5. Transcreve, com total fidelidade, a expressão: («)usava sempre doze ostras na cauda (,ao

passo que às outras pessoas da realeza só era permitido usar seis»).

6. o lago mais profundo

7. Cenário de resposta:

Justifica a afirmação, referindo que duas das irmãs da princesa mais nova gostam de seres
marinhos, por isso escolheram para os seus canteiros a forma de uma baleia e a de uma sereia.

8. Cenário de resposta:

Refere que a escolha da princesa mais nova se deve ao facto de ela gostar de tudo o que era
diferente do seu mundo e de sentir um grande fascínio pelo mundo dos humanos. Por isso,
escolheu um canteiro em forma de sol e optou por enfeitá-lo com um elemento do mundo dos
humanos: a estátua de um rapazinho.

9. Cenário de resposta

Condição: as princesas terem quinze anos.

Ação: as princesas poderem ir até à superfície / sentar-se nas rochas / ver os navios / ver
bosques e cidades.

GRUPO II – Funcionamento da Língua

1. a) há; b) crer

2. Escreve uma frase em que utiliza corretamente a palavra «altura» numa aceção diferente,

contextualizando-a de forma adequada.

3. orgulhosa

4. mergulharam; estiveram

partem; têm

serão; viverão

5. «decoravam o canteiro».

GRUPO III – Escrita

Dadas as características da resposta, de produção de texto de escrita compositiva sobre tema
proposto, não são apresentados cenários de resposta.

Comentário à prova final de Português do 1.º ciclo do Ensino Básico (prova 41), 7 de maio
2013

A prova final de Português de 4.º ano está bem estruturada e respeita os conteúdos
programáticos centrais do programa da disciplina para este ciclo de ensino, no que diz respeito
a aspetos incidindo sobre a leitura, a escrita e o conhecimento explícito da língua. O número
de questões e a sua complexidade e extensão são adequados ao tempo previsto para a
realização da prova, exigindo, contudo, grande concentração para que os alunos respondam
cuidadosamente aos itens de compreensão da leitura e sobre funcionamento da língua e se
dediquem depois às diferentes fases da produção escrita, planificação, textualização e revisão
do texto de escrita compositiva, respeitando o tema proposto.

Foi seguida a matriz das provas de aferição de 4.º ano de anos anteriores, não causando a
prova, nesse sentido, sobressaltos, relativamente ao tipo de trabalho de preparação que os
alunos terão realizado em sala de aula, ao longo do ano letivo. O sobressalto maior terá sido o
contexto facilitador de tensões que a situação de exame pode causar, com efeitos diretos na
capacidade de concentração dos alunos, ao longo de todo o tempo de duração da prova.

Tal como as provas de aferição anteriormente realizadas, a prova 41 organiza-se em três
grupos distintos, o primeiro, Grupo I, com itens de compreensão da leitura de dois textos, o
segundo, Grupo II, com questões sobre funcionamento da língua e o terceiro, Grupo III,
destinado à produção de um texto de escrita compositiva com um mínimo de 90 palavras.
Valorizam-se os desempenhos na leitura e na escrita, sendo 55 dos 100 pontos da cotação do
exame distribuídos por nove questões de compreensão da leitura de um texto informativo e
de uma narrativa de ficção, 30 destinados à avaliação da produção do texto de escrita
compositiva e 15 distribuídos pelas cinco questões de gramática.

É de assinalar como um aspeto positivo a preocupação em designar, nos Critérios Específicos
de Classificação, o Grupo I, Leitura e Escrita, e de incluir neste grupo questões que exigem
respostas envolvendo a produção de texto de escrita compositiva para relato e elaboração de
conhecimento.

Direção da APP, 8 de maio de 2013