REVple

revple

Início

A Associação de Professores de Português apresenta a RevPLE: primeira revista eletrónica, em Portugal, de Português Língua Estrangeira, Português Língua Segunda e Português Língua Não Materna. É uma publicação de caráter científico-pedagógico com o objetivo de divulgar trabalhos de investigação – Divulgação de Trabalhos -, metodologias, estratégias, materiais e projetos referentes à temática – Práticas de Sucesso -, espaço de interação entre investigadores e professores – Voz dos Professores -, ao qual serão sempre bem-vindos os contributos de todos aqueles que se interessam por esta problemática. É objetivo da revista pautar-se por critérios de pertinência, atualidade e rigor científico, contando para isso com um corpo de especialistas reconhecidos a nível nacional e internacional.

Este projeto procura preencher uma lacuna no universo editorial português, contribuindo para a promoção e visibilidade da atividade prática e intelectual produzida na área de PLE.

Para além da Diretora, a revista inclui um Conselho de Redação e um Conselho Consultivo. Reúne, assim, um leque notável de personalidades nacionais e estrangeiras, de reconhecido perfil académico e profissional, sendo uma referência no panorama científico-pedagógico e didático na área de PLE.

A revista terá uma periodicidade semestral com um número a sair no inverno e outro no verão. (Poderá ser editado um terceiro número de caráter temático).


Sobre a REVple

Publicação

a) Normas de Publicação

A RevPLE está aberta à participação dos professores e investigadores na área da Língua Portuguesa como L2, LNM e LE, que connosco queiram partilhar as suas práticas profissionais, investigações e reflexões. As contribuições para a RevPLE obedecem às seguintes normas editoriais.

Os textos poderão ser escritos em português (europeu ou brasileiro), espanhol, francês, inglês, russo e italiano. Os trabalhos deverão ser apresentados sob a forma de artigos teóricos, relatos de pesquisas, ensaios, dissertações ou relatos de práticas de aulas, de projetos, de experiências, de metodologias pedagógico-didáticas, entre outras. As contribuições poderão conter anexos (gráficos, imagens, desde que respeitem as normas aqui apresentadas).

Todos os textos devem ser originais. Não deverão estar em apreciação em nenhuma outra revista ou outro tipo de publicação. A decisão sobre a publicação será feita em dois momentos: num primeiro, o trabalho é recebido pelo Conselho de Redação que fará a avaliação preliminar do seu conteúdo para decidir se ele se enquadra na política editorial da revista e se segue as normas para Submissão de Trabalhos. Sendo aprovado, ao trabalho será retirada toda e qualquer forma de identificação do autor, será enviado para dois membros do Conselho Consultivo que poderão sugerir modificações de estrutura e de conteúdo. Caso haja, por parte de um ou de ambos, sugestões de modificação, o texto, com as devidas sugestões, será encaminhado ao proponente sem qualquer identificação dos apreciadores. Se as sugestões forem aceites, o texto será publicado. Sobre todo este processo será mantida total reserva e confidencialidade.

b) Normas de Submissão de Trabalhos

Os documentos para submissão deverão ser enviados em Documento Word, não devendo ultrapassar os 2MB. Deverão ter o seguinte formato: fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5 entre linhas e parágrafos, espaço duplo entre partes do texto. As páginas devem ser configuradas no formato A4, com numeração.

A organização dos trabalhos deve obedecer à seguinte sequência:

•TÍTULO (centralizado, em caixa alta e negrito);

•NOME DO AUTOR, acompanhado da localidade da instituição a que está filiado (à direita do Título);

•RESUMO (com máximo de 200 palavras);

•PALAVRAS-CHAVE (até 6 palavras), escritos no idioma do artigo; KEYWORDS – 6 words; MOTS-CLÉS – 6 mots; PALABRAS-LLAVE – 6 palabras; Ключевые слова – 6 слова; PAROLE CHIAVE – massimo 6 parole;

•TEXTO;

•NOTAS;

•REFERÊNCIAS (apenas as citadas no texto).

A bibliografia deve ser apresentada por ordem alfabética e no final do trabalho. Devem ser referidas todas as fontes e, se for uma citação, indicar as páginas. Devem ser indicados, no caso de livros e outras monografias: nome do autor, data da publicação, título, nº da edição, editora, local da publicação, volume, páginas da obra ou páginas relativas à publicação.

Nas citações feitas dentro do texto, de até três linhas, o autor deve ser citado entre parênteses pelo apelido, em maiúsculas, separado por vírgula da data da publicação. Se o nome do autor estiver citado no texto, indica-se apenas a data, entre parênteses. No caso de ser necessário, a especificação da(s) página(s) deverá seguir a data, separada por vírgula e precedida de “p.”. As citações diretas, com mais de três linhas, deverão ser destacadas com recuo de 4cm da margem esquerda, em corpo 11, espaço simples e sem aspas. As citações de diversas obras de um mesmo autor, publicadas no mesmo ano, devem ser discriminadas por letras minúsculas após a data, sem espaços. Quando a obra tiver dois ou três autores, todos poderão ser indicados, separados por ponto e vírgula; quando houver mais de três autores, indica-se apenas o primeiro seguido de et al ou et alii.

Direitos de Autor

Os autores dos artigos submetidos para publicação são responsáveis pelo respeito dos direitos de autor e direitos conexos no que se refere a citações, transcrições, paráfrases ou outros elementos integrados nos textos. A sua inclusão é da sua total responsabilidade.

Ao submeter trabalhos para publicação na RevPLE e, após aceitação de publicação dos mesmos, o autor cede o direito da sua publicação, mantendo integralmente a sua propriedade intelectual.

A decisão de aceitação de um texto para publicação não implica que o mesmo seja publicado no número imediatamente subsequente.

Legislação

Ofício-Circular n.º OFC-DGIDC/2009/3

Ofício-Circular n.º OFC-DGIDC/2008/19

Despacho Normativo n.º 19/2008, de 19/03 (ponto 1.5.2 do Anexo II e ponto 20.5 do Anexo III)

Ofício-Circular n.º OFC-DGIDC/2008/1

Ofício-Circular n.º 23/DSEE/DES/07

Ofício-Circular n.º 55/DSEE/06, de 19/12/2006

Despacho Normativo n.º 7/2006, de 6 de Fevereiro

Despacho Normativo n.º 30/2007

Contactos

Associação de Professores de Português

Bairro da Liberdade 7 R/C 9

1070-023 Lisboa

www.app.pt

aprofport@app.pt

Diretora: Ana Maria de Sousa

Tel: 213 861 766

Fax: 213 861 819

www.RevPLE.net (até 23 de julho de 2013)

correio-e: revistaple@gmail.com (até 23 de julho de 2013)

Política de Privacidade

Os nomes e endereços registados na RevPLE serão usados exclusivamente para finalidade dos serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Sobre a equipa

Equipa

Faz parte deste Conselho Consultivo um leque notável de personalidades nacionais e estrangeiras que constituem uma referência no panorama científico-pedagógico e didático na área de PLE.

Nome Instituição
Ana Catarina Mello Univ. Federal Rio Janeiro
Danusia Santos Univ. Federal Rio Janeiro
Galina Petrova Univ. MGIMO,Moscovo
Giovanni Agresti Univ. Teramo
Helena Araújo e Sá Univ. Aveiro
Helena Bárbara Dias Univ. Aberta
Helena Tanqueiro Univ. Autónoma Barcelona
Liliane Santos Univ. Charles-de-Gaulle — Lille 3
Lúcia Soares ESE Lisboa
Luísa Solla ESE Setúbal
M. José Grosso Univ. Lisboa
Madalena Teixeira ESE Santarém
Maria Helena Ançã Univ. Aveiro
Patrícia Almeida Univ. Federal Rio Janeiro
Paulo Osório Univ. Beira Interior
Percília Santos Univ. Brasília
Perpétua Gonçalves Univ. Eduardo Mondlane, Moçambique
Rosa Bizarro Univ. Porto
Yovka Tchobanova Univ. Lisboa

 

Ficha de avaliação

Ficha de avaliação

Instruções & Princípios

Conselho Consultivo da RevPLE Sistema de Arbitragem Científica Independente

1. Todos os artigos candidatos a publicação começam por ser selecionados pelo Conselho de Redação (CR), constituído por professores de Português de Língua Estrangeira, Língua Segunda e Língua Não Materna de acordo com os seguintes critérios: (a) adequação à linha editorial, (b) adequação às normas gráficas e (c) correção linguística.

2. Após esta pré-seleção, cada texto é enviado, por via eletrónica, a um membro do Conselho Consultivo (CC) que deverá proceder à avaliação durante as quatro semanas seguintes. No caso de tal ser impossível, o membro em questão deve disso dar conta a fim de ser substituído.

3. Em caso algum podem os textos ser enviados a membros do CC com a identificação do(s) autor(es), tal como ao(s) autor(es) nunca pode ser indicada a identidade dos seus avaliadores uma vez que todo o processo deve ser confidencial. Por isso, sobre todo o processo deve ser mantida total reserva e confidencialidade.

4. Para cada texto avaliado, os membros do CC devem preencher e enviar ao CR o formulário elaborado para o efeito, que contém os critérios de avaliação e o seu resultado final.

5. Os onze tópicos avaliados pelo CC, que servem para orientar a recomendação final, são os seguintes: (a) Título; (b) Resumo; (c) Palavras-chave; (d) Contextualização; (e) Finalidade e/ou objetivos; (f) Enquadramento teórico; (g) Metodologia (s); (h) Coesão e coerência; (i) Extensão; (j) Informação; (k) Citações; (l) Tabelas, excertos, imagens; (m) Conclusões; (n) Bibliografia.

6. Os resultados da avaliação podem ser quatro: (a) aceitação do texto na forma atual, (b) aceitação do texto após pequenas alterações que são identificadas, (c) pedido de revisão profunda do texto sujeita a nova avaliação e (d) rejeição do texto.

7. Tendo em conta a avaliação do CC, a decisão final sobre a publicação de textos cabe ao CR.


Divulgação de trabalhos

Divulgação de Trabalhos

Este espaço destina-se à divulgação de trabalhos de caráter teórico e científico.

Iniciação

A1 – A2

Criança

Jovem

Adulto

Intermédio

B1 – B2

Criança

Jovem

Adulto

Avançado

C1 – C2

Criança

Jovem

Adulto

Editorial

É com imensa alegria que disponibilizamos o primeiro número da RevPLE: Revista Eletrónica de Português Língua Estrangeira, Língua Não Materna e Língua Segunda. Neste momento, cabe-nos, antes de tudo, agradecer a todos que, direta ou indiretamente, trabalharam para que este projeto fosse possível. Da leitura do original à tomada de decisão pelo aceite ou não o texto passa por muitos olhares que, criticamente, avaliam a sua pertinência e atualidade. A nossa gratidão vai também para os contributos para publicação que recebemos, para todos os que quiserem, desde já, colaborar nos próximos números e ainda para todos os que farão críticas construtivas. A RevPLE nasce de várias necessidades que sentimos: divulgar trabalhos de carácter científico; dar a conhecer práticas de sucesso; estimular o desenvolvimento de projetos nas e entre as escolas e, finalmente, partilhar experiências. Pretende-se que seja uma ferramenta de trabalho, de interação e de apoio, de valor inestimável e imprescindível para todos os professores que nutram preocupação e interesse pela área. Deste modo, todos estão convidados a partilhar o seu saber, o seu trabalho e os seus projetos. Neste número, contamos com dois trabalhos: A autonomia na aprendizagem de uma Língua Estrangeira, Catarina Castro, que se encontra na secção Divulgação de Trabalhos na rubrica Adulto; Jogos Didáticos no Ensino de Português como Língua Estrangeira, de Christian M. Martins, Christiane M. Vaz e Priscilla Santos, que se encontra na secção Divulgação de Trabalhos na rubrica Intermédio – Jovem. Para testar o funcionamento das secções colocámos os Testes de Diagnóstico de Português Língua Não Materna elaborados por uma equipa de trabalho do Instituto de Linguística Teórica Computacional (ILTEC). As outras secções esperam pelos contributos de todos quantos queiram publicar os seus trabalhos! Divulgue! Participe!

Obrigada

Ana Maria de Sousa

Práticas de Sucesso

Este espaço é para apresentação e divulgação de metodologias, estratégias, materiais e projetos referentes à temática.

Iniciação

A1 – A2

Criança

Jovem

Adulto

Intermédio

B1 – B2

Criança

Jovem

Adulto

Avançado

C1 – C2

Criança

Jovem

Adulto


Arquivos

Verão, Nº 1 (2010)

Teste de diagnóstico de Português Língua Não Materna

PDF

Alunos do primeiro e do segundo anos do Ensino Básico
Maria Helena Mira Mateus, Fausto Caels, Nuno Carvalho, Dulce Pereira, Ana de Sousa
Jogos Didáticos no Ensino de Português como Língua Estrangeira

PDF

Christiane M. Martins, Cristhiane M. Vaz, Priscilla Santos

Notícias

Outras Revistas

www.ufjf.br/praticasdelinguagem – Revista eletrónica sobre Práticas de Linguagem

www.ucs.br/ucs – Revista eletrónica de Letras e Humanidades

www.uff.br/revistagragoata – Revista eletrónica sobre várias áreas do saber entre elas o Ensino de Língua Materna e Estrangeira

www.revistasiriguela.com.br – Revista Digital de Educação e Informação para o Ensino de PLE

www.revistalusofonia.net – Revista dirigida aos povos que falam a Língua Portuguesa – Temas lusófonos

www.cl.up.pt/elingup/index.html – Revista eletrónica de linguística de estudantes da Universidade do Porto

www.revista.linguaeducacao.net – Revista Digital sobre a Língua e Educação

www.revistalingua.uol.com.br – Revista de Língua Portuguesa

www.revistaeutomia.com.br – Revista eletrónica de Literatura e Linguística

www.eft.educom.pt – Revista digital sobre Tecnologias e Educação

www.rae.pt.vu – Revista online de Animação e Educação

www.cvc.instituto-camoes.pt/idiomatico – Revista digital de didática de PLNM

www.latam.ufl.edu/portugueselanguagejournal/index.html – Revista eletrónica de PLE

www.mafua.ufsc.br – Revista digital de literatura

www.letras.ufscar.br – Revista Eletrônica de Popularização Científica em Ciências da Linguagem

www.revlet.com.br – Revista Virtual de Letras

Congressos / Encontros / Seminários

Jornadas de Português: Linguística, Literaturas e Culturas Lusófonas – de 5 a 7 de setembro de 2012 – Estocolmo – http://www.ispla.su.se/jornadas

IX Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação – 12 a 15 de julho de 2012 -Institudo de Educação da Universidade de Lisboa – www.ie.ul.pt

II CIELLI – Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários – 13, 14 e 15 de Junho, 2012 – Universidade Estadual de Maringá – www.cielli.com.br

14º Congresso Brasileiro de Língua Portuguesa e 5º Congresso Internacional de Lusofonia – TEMA: Língua Portuguesa e Lusofonia: das tradições quinhentistas à infotecnologia do século XXI – de 26 a 28 de abril de 2012 – http://www.ippucsp.org.br/congresso_importancia.html

II Jornadas Descobrindo Culturas em Língua Portuguesa – Narrativas da nação, da cultura e da língua nacional – de 14 – 16 de novembro de 2011, Faculdade de Línguas – Universidade Nacional de Córdoba -http://aapp.webnode.com/news/ii-jornadas-descobrindo-culturas-em-lingua-portuguesa-2011

Educação e Línguas – Questões de Identidade, Docência e Avaliação – 4 e 5 de novembro, 2011 – Faculdade de Letras da Universidade do Porto – http://sigarra.up.pt/flup

VII Congresso Nacional de Professores de Português – Língua, identidades e integração – 13-15 de outubro de 2011- Universidad Nacional de Lanús – Buenos Aires – http://aapp.webnode.com

III SIMELP – Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa – 30 de agosto a 2 de setembro 2011 – Universidade de Macau – simelp2011@umac.mo – http://www.umac.mo/fsh/dp/

Cognition, Emotion, Communication – de 23-26 Junho 2011 – Nicosie – Chipre – http://lidifra.free.fr

Les contextes éducatifs plurilingues et francophones hors de la France continentale : entre héritage et innovation- de 16 – 18 Junho 2011 – Nantes – França – http://acedle.org

VII PLE-RJ – Encontro de Português Língua Estrangeira – 15, 16 e 17 de junho de 2011 – PUC-Rio de Janeiro -plerjvii@yahoo.com.br – http://eventos.uff.br/v-ple-rj

COLLOQUE INTERNATIONAL “PLURILINGUISME ET MONDE DU TRAVAIL” – www.portal-lem.com -Associazione LEM-Italia – DORIF-Università Forum des Langues de France – Université de Teramo, 19-21 mai 2011

National Conference EUCIM-TE – Português Língua não Materna: investigação e ensino – 18 de Outubro de 2010, no Anfiteatro Nobre da Faculdade de Letras da Universidade do Porto

SIPLE 2010 – Congresso de Brasília – Processos de Ensino e Aquisição de Português (L2 e LE) no Brasil e no Mundo – 6, 7 e 8 de Outubro de 2010, na Universidade de Brasília.

El XXI Congreso Internacional de ASELE – Congreso en la Universidad de Salamanca – Del texto a la lengua: la aplicación de los textos a la enseñanza-aprendizaje de español L2-LE. – 29 de septiembre al 2 de octubre de 2010

Sítios de Interesse

Blogues

http://docencialp.blogspot.com – Docência em Língua Portuguesa

http://br.groups.yahoo.com/group/docenteslinguaportuguesa – Grupo de Discussão para Professores de Português

www.meiapalavra.com.br – Fórum ‘DE’ e ‘PARA’ leitores: Meia Palavra em educação

http://ler.blogs.sapo.pt – ‘de’ e ‘ sobre’ a revista LER

www.portugueslestrangeira.blogspot.com – Português língua estrangeira

www.eduardacosta.wordpress.com – Página criada para partilhar materiais, atividades e outros assuntos ligados ao PLE.

www.fonoportuguesando.blogspot.com – Para aprender a fonética do Português

www.alcameh.blogspot.com – Blogue sobre literatura infanto-juvenil

www.centrolenguaportuguesacc.blogspot.com – Centro de língua portuguesa

www.appex.blogspot.com – A língua portuguesa na Extremadura – lusofolia, lusofilia, lusomania

www.embomportugues.blogs.sapo.pt – Esclarecimentos de português

www.emeritensespt.blogspot.com – Escola oficial de idiomas de Mérida

Grupos de Discussão

www.br.groups.yahoo.com/group/portuguesle2/ – Para os interessados em Português como Língua Estrangeira (PLE)

www.groups.google.com.br/group/epnt/web/projeto-a-lngua-portuguesa-no-mundo

www.labspace.open.ac.uk – Comunidade de pesquisa sobre aprendizagem colaborativa

www.kplus.com.br – Comunidade de Cultura na Internet

Sítios

www.ufjf.br/fale/eventos/ – Grupo de pesquisa FALE e eventos em Letras e Educação

www.cederj.edu.br – Divulgação científica

www.teletandembrasil.org/home.asp – Línguas estrangeiras para todos

www.cplp.org – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

www.acidi.gov.pt – Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural

www.aimigrantes.org – Assuntos da Imigração

www.linguanet-europa.org – Dicas para aprendentes de LE

www.falemosportugues.com – Vídeos, gramática, vocabulário, atividades sobre Língua estrangeira.

www.portuguesle.wordpress.com – Partilha de PLE/PLM/PLNM/L1/L2

www.siple.org.br – Sociedade Internacional de Português-Língua Estrangeira

www.edufle.net/-TICE-multimedia-et-FLE – Utilização das TIC no ensino de LE

www.plurilinguisme.europe-avenir.com – Observatório europeu de Plurilinguismo

www.didacticlang.eu – Formação de professores na didática de língua na Internet

www.linguativa.com.br/laphp – O portal de quem fala Português

www.falabonito.wordpress.com – História da língua portuguesa

www.sitio.dgidc.min-edu.pt – Portfólio das línguas

www.lusografia.org/ – Língua e cultura portuguesa

www.clicnet.swarthmore.edu/fle. – Francês Língua estrangeira e língua segunda

www.meiapalavra.com.br – Literatura sem preconceitos e de bom humor.

www.portuguesembadajoz.wordpress.com – Apoio ao ensino / aprendizagem de PLE

www.lyricstraining.com/ – Aprender uma língua estrangeira através da música

www.portugal-linha.pt/ – Comunidade lusófona

www.ipol.org.br/ – Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística

www.teiaportuguesa.com – Referência a inúmeros portais de todo o mundo lusófono

Associações

www.acedle.org – Associação de Pesquisadores e Professores de LE

www.multilingualbooks.com – Associação de línguas estrangeiras

www.real-association.eu – Rede Europeia de Associações de Professores de Línguas

www.aselered.org – La Asociación para la Enseñanza del Español como Lengua Extranjera (ASELE) – Associação para o ensino do Espanhol como Língua Estrangeira

www.hagah.com.br/l – Cursos de idiomas, comunidade de apoio ao ensino de línguas estrangeiras