O poema que uma juíza escreveu e Sophia celebrizou

Publicado por a 15/02/2019 em Notícias | Comentários desligados

«O mistério do falso poema de Sophia que se tornou viral está desvendado. Foi escrito em 2009 pela juíza Adelina Barradas de Oliveira, que quis homenagear a escritora no aniversário da sua morte. Sem pretensões literárias – “escrevo por escrever” –, vem agora deslindar uma confusão que não criou e que lhe passara ao lado.»

Público/ípsilon , 15 de fevereiro de 2019
Ler a notícia aqui